como reduzir acidentes de trabalho

Acidentes de trabalho: você sabe quanto eles custam?

Acidentes de trabalho são eventos evitáveis que causam grande impacto financeiro e social. De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), ocorrem cerca de 270 milhões de acidentes de trabalho e cerca de dois milhões de mortes por ano em todo o mundo. Os acidentes de trabalho ocorrem principalmente por negligência das empresas, com a má gestão de Saúde e Segurança e ações inseguras dos colaboradores.

São diversos os custos envolvidos em um acidente de trabalho, desde aqueles relacionados aos primeiros socorros, ao atraso da entrega das mercadorias. Dessa forma, toda a cadeia produtiva é afetada com a ocorrência dos acidentes de trabalho.

Nesse artigo elencamos os principais custos que a sua empresa pode ter com um acidente de trabalho.

Acompanhe a leitura.

Os custos com os acidentes de trabalho

No Brasil, os custos com acidentes de trabalho ultrapassam R$ 100 bilhões ao ano, segundo estimativas de estudo da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), ligada à Universidade de São Paulo (USP).

É difícil calcular os valores exatos que são despendidos em cada organização. Contudo, é inegável que os acidentes implicam em muitas despesas, que muitas vezes são completamente perceptíveis.

Os principais custos relacionados aos acidentes de trabalho são:

  • Perca de saúde do funcionário

A preocupação com saúde do funcionário deve estar em primeiro lugar quando pensamos nos custos relacionados aos acidentes de trabalho. Esses eventos podem causar lesão corporal, perturbação funcional que cause a morte e a redução da capacidade para o trabalho.

  • Perda de horas trabalhadas

Quando ocorrem acidentes do trabalho, a produção do ambiente é parada e são dedicadas horas de trabalho de funcionários e supervisores na ajuda do acidentado e na investigação das causas do acidente.

Ainda, devido ao impacto psicológico, ocorre a diminuição da produtividade da equipe sendo assim mais um custo.

  • Afastamentos

A empresa enfrenta o custo com afastamento do empregado, promovendo o pagamento do seu salário integral durante os 15 primeiros dias, sem ele estar trabalhando na empresa. Em consequência disso, horas extras precisam ser pagas para suprir o atraso da produção.

  • Indenizações e custos previdenciários

Com o evento de um acidente, muitas vezes são incluídas despesas jurídicas com defesa da empresa, caso o empregado processe a empresa, solicitando indenização pelos danos.

Acidentes de trabalho custaram mais de R$ 26 bilhões à Previdência Social entre 2012 e 2017, segundo dados do Ministério Público Trabalho. Somente em 2018 as despesas somam quase R$ 800 milhões.

  • Perdas materiais

Nos custos devem ser acrescentados os prejuízos materiais dos equipamentos danificados, como as despesas de reparo e substituição de peças.

A importância da assessoria e consultoria para evitar esses custos

Ao Investir na gestão da Saúde e Segurança do Trabalho, a organização pode reduzir a eventualidade dos acidentes de trabalho e, consequentemente, os custos financeiros e sociais que são causados.

Assim, se você deseja ter a melhor equipe cuidando da Saúde e Segurança do Trabalho em Londrina – PR, conte com a London SST. Nós podemos te ajudar! Entre em contato conosco agora mesmo para conhecer mais sobre os nossos serviços através do link www.londonengenharia.com.br.

Gostou do conteúdo? Acesse o nosso blog e confira mais artigos sobre segurança do trabalho!

, ,
Post anterior
Psicologia ocupacional: benefícios dos cuidados psicológicos
Próximo post
PMO: quais as funções na saúde e segurança do trabalho

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Menu